Peça sobre Bradley Manning vence prêmio de teatro britânico

terça-feira, 6 de agosto de 2013 13:41 BRT
 

Por Ian McKenzie

EDIMBURGO, 6 Ago (Reuters) - Uma peça sobre Bradley Manning, o soldado dos EUA condenado na semana passada pela Justiça militar por passar informações secretas ao site WikiLeaks, ganhou um prêmio de teatro recém-criado como parte de uma das mais antigas premiações literárias da Grã-Bretanha.

O texto dramático em galês de Tim Price "A Radicalização de Bradley Manning" foi o primeiro vencedor do prêmio de 10 mil libras (15,3 mil dólares) do Prêmio de Teatro James Tait Black, em uma cerimônia na capital escocesa, na segunda-feira à noite.

A peça acompanha a jornada do norte-americano Manning desde sua adolescência numa aldeia galesa até sua vida como um soldado dos EUA e a subsequente detenção em 2010, pela entrega de centenas de milhares de documentos confidenciais ao WikiLeaks.

"Estou muito feliz em ser reconhecido por um prêmio tão prestigiado e honrado, por ter sido escolhido como vencedor entre uma lista fantástica de peças", disse Price em comunicado publicado no site do prêmio.

Uma juíza militar dos EUA condenou Manning, de 25 anos, por diversas acusações criminais, incluindo espionagem e roubo de informações classificadas.

O escritor Price disse à Reuters que a mãe galesa de Manning tinha visto o peça e enviou o roteiro para seu filho. Ele também disse que alguns dos prêmios em dinheiro iriam para o fundo de defesa de Manning.

"Bradley agora tem uma família global, graças a nossa peça", disse Price.

O trabalho de Price foi escolhido de uma lista de 180 peças submetidas de todo o mundo a um júri que incluía professores e estudantes da Universidade de Edimburgo, bem como profissionais de teatro.

A peça foi lida na cerimônia de premiação, em Edimburgo, e Bradley foi descrito como um especialista em computação tímido e um pouco disfuncional, que era atormentado por sua sexualidade e a disciplina severa que encontrou no Exército.

 
Soldado do Exército dos EUA Bradley Manning deixa tribunal em Fort Meade, no Estado de Maryland, EUA. Uma peça sobre Manning, condenado na semana passada pela Justiça militar por passar informações secretas ao site WikiLeaks, ganhou um prêmio de teatro recém-criado como parte de uma das mais antigas premiações literárias da Grã-Bretanha. 30/07/2013. REUTERS/Gary Cameron