Príncipe holandês Friso morre após acidente de esqui no ano passado

segunda-feira, 12 de agosto de 2013 13:31 BRT
 

AMSTERDÃ, 12 Ago (Reuters) - O príncipe Johan Friso da Holanda, irmão do novo rei holandês, morreu nesta segunda-feira em um palácio real de Haia, 18 meses após sofrer um acidente de esqui que o deixou em coma.

Friso, de 44 anos, filho do meio da rainha Beatrix, nunca recuperou a consciência depois de ter ficado enterrado sob uma avalanche enquanto esquiava em Lech, na Áustria. Seu cérebro ficou sem oxigênio durante os 25 minutos em que esteve sob a neve.

"O príncipe Friso morreu de complicações que surgiram em consequência do dano cerebral causado pela privação de oxigênio após o acidente de esqui", disse o governo em comunicado.

O príncipe Friso renunciou ao seu direito ao trono holandês quando se casou com uma plebeia cujo passado foi considerado demasiado atrevido para que ela se tornasse integrante da casa real holandesa.

Quando ele pediu permissão em 2003 para casar-se com Mabel Wisse Smit, a mídia holandesa publicou detalhes de seu relacionamento com o mafioso Klaas Bruinsma, que foi baleado e morto em 1991 em frente ao hotel Amsterdã Hilton.

Depois de ter sido tratado em Innsbruck após o acidente, Friso foi levado para um hospital em Londres, onde vivia com sua esposa e duas filhas.

Uma fonte disse à Reuters que sua mãe ou um de seus irmãos o visitava no hospital todas as semanas desde o acidente.

Apesar de mostrar sinais ocasionais de consciência mínima, sua condição não melhorou. Ele foi levado de volta a Haia no mês passado.

(Por Thomas Escritt e Anthony Deutsch)

 
Foto de arquivo do príncipe holandês Johan Friso, que morreu em consequência de um acidente de esqui sofrido em fevereiro de 2012. REUTERS/Michael Kooren