Ex-mulher de Michael Jackson diz que filha Paris está "devastada"

quinta-feira, 15 de agosto de 2013 20:32 BRT
 

Por Brandon Lowrey

LOA ANGELES, 15 Ago (Reuters) - A ex-mulher de Michael Jackson disse em um tribunal de Los Angeles nesta quinta-feira que sua filha Paris está "devastada" pela morte de seu pai e "não sente que ela tem uma vida".

Debbie Rowe, de 54 anos, caiu em lágrimas e soluçou ao responder a perguntas sob interrogatório acerca da recente tentativa de suicídio da adolescente de 15 anos.

"O pai dela está morto. Quase perdi minha filha", disse Rowe na Corte Superior de Los Angeles, que está julgando uma ação movida pela família de Jackson contra a promotora de shows AEG Live.

"Ela tentou se matar", afirmou Rowe, que ficou tão emocionada que o tribunal fez uma pausa e ela não foi chamada para voltar a depor. "Ela está arrasada. Ela não tem uma vida. Ela não sente que tem uma vida mais."

Rowe não tem a guarda de seus filhos, Paris e Prince, que vivem com a avó, Katherine Jackson. Outro filho de Michael Jackson, Prince Michael II, conhecido como Blanket, também mora com Katherine Jackson.

Katherine Jackson e os filhos de Michael estão processando a AEG Live pela morte do cantor, em 2009, na cidade de Los Angeles, vítima de uma overdose do anestésico cirúrgico propofol, alegando que a empresa negligentemente contratou Conrad Murray como médico pessoal de Jackson e ignorou sinais de que o cantor estava com a saúde debilitada.

Este é o segundo dia que Rowe depõe no julgamento. Ela, que raramente fala publicamente sobre Jackson e seus filhos, foi casada com o cantor de "Thriller" entre 1996 e 1999 e é mãe de seus dois filhos mais velhos, Paris, de 15 anos, e Prince, de 16.

Paris, que recentemente retomou seu relacionamento com Rowe, foi levada às pressas para um hospital de Los Angeles em junho após uma tentativa de suicídio.   Continuação...