Intruso é achado morando em mansão de Jennifer Lopez

quinta-feira, 22 de agosto de 2013 19:58 BRT
 

NOVA YORK, 22 Ago (Reuters) - Um intruso passou uma semana morando em um anexo da mansão da atriz e cantora Jennifer Lopez em Southampton, nos Estados Unidos, aproveitando que ela estava fora, segundo autoridades.

A Justiça já havia proibido que esse homem, um bombeiro aposentado chamado John Dubis, de 49 anos, se aproximasse de Lopez. Em nota, a polícia da cidade disse que funcionários da mansão encontraram o homem neste mês.

Ele foi preso e indiciado por invasão de domicílio, perseguição, desprezo pela Justiça e posse de ferramentas para invasão de domicílio, segundo a polícia. Dubis se declarou inocente.

Não ficou claro por que Lopez havia obtido uma ordem judicial anterior contra Dubis. O agente dela não foi localizado para comentar.

Lopez adquiriu a mansão em maio, por um valor estimado em 10 milhões de dólares.

(Reportagem de Noreen O'Donnell)