Pelo terceiro ano, Melbourne é considerada a melhor cidade para se viver

quarta-feira, 28 de agosto de 2013 18:58 BRT
 

LONDRES, 28 Ago (Reuters) - Pelo terceiro ano consecutivo, a cidade australiana Melbourne foi considerada a melhor do mundo para se viver, conforme pesquisa da consultoria Economist Intelligence Unit (EIU) abrangendo 140 cidades e divulgada neste mês. Damasco, capital da conflagrada Síria, é a pior.

Melbourne, capital do Estado australiano de Victoria, superou Viena e as canadenses Vancouver, Toronto e Calgary. Outras três cidades australianas --Adelaide, Perth e Sydney-- também apareceram entre as 10 principais, junto à finlandesa Helsinque e à neozelandesa Auckland.

Cinco categorias foram levadas em conta na lista: estabilidade, atendimento médico, cultura e ambiente, educação e infraestrutura.

No outro extremo do ranking estão três capitais de países árabes assolados por turbulências nos últimos anos: Damasco (Síria), Cairo (Egito) e Trípoli (Líbia). Mas o ranking exclui lugares como Cabul, no Afeganistão, e Bagdá, no Iraque, que há anos sofrem problemas de conflito e insegurança.

Outras cidades entre as dez piores da lista são: Daca (Bangladesh), Lagos (Nigéria), Port Moresby (Papua-Nova Guiné) e Harare (Zimbábue).

(Reportagem de Paul Casciato)