Obama diz que deixou de fumar porque "tinha medo da mulher"

terça-feira, 24 de setembro de 2013 15:04 BRT
 

NOVA YORK, 24 Set (Reuters) - O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, disse que deixou de fumar pela mesma razão de muitos maridos: "medo da mulher".

A confissão do presidente a respeito da primeira-dama, Michelle Obama, foi captada por um microfone aberto durante conversa com uma autoridade da ONU em Nova York, na segunda-feira.

Obama disse que não fuma há seis anos. O presidente masca um chiclete para reduzir o desejo por nicotina.

(Reportagem de Steve Holland)

 
Foto de arquivo do presidente norte-americano Barack Obama e da primeira-dama Michelle Obama na Casa Branca, em Washington. Obama disse que deixou de fumar pela mesma razão de muitos maridos: "medo da mulher". 10/08/2013 REUTERS/Yuri Gripas