Hollywood abandona comédias românticas por risadas mais grosseiras

terça-feira, 1 de outubro de 2013 19:58 BRT
 

LOS ANGELES, 28 Set (Reuters) - De "Quanto mais Quente Melhor" a "Uma Linda Mulher," de "Sintonia do Amor" a "O Casamento dos meus Sonhos," as comédias românticas sempre foram as queridinhas das bilheterias de Hollywood, mas neste outono as comédias grosseiras estão faturando mais.

Dando partida à temporada de comédias grosseiras está a estreia na direção do ator Joseph Gordon-Levitt, "Don Jon", que estreia nos cinemas dos EUA neste final de semana. O filme fala sobre um jovem atraente que luta para se relacionar com mulheres devido a seu vício em pornografia.

Quando Jon se apaixona pela linda Barbara, interpretada por Scarlett Johansson, ele vê suas expectativas sobre o relacionamento serem desafiadas, enquanto Barbara tem suas próprias ideias sobre o tipo de namorado que Jon deveria ser.

"Quis jogar com as convenções da comédia romântica e brincar com elas um pouco", disse Gordon-Levitt, que também assinou o roteiro e estrela no papel principal.

"(Barbara) espera que seu relacionamento com Jon seja como os filmes românticos que ela vê, e tenta transformá-lo naquele tipo de homem. Ambos estão presos em suas expectativas em vez de aceitarem um ao outro pelo que são", acrescentou.

"Don Jon" é um filme com censura por seu conteúdo sexual e linguagem forte, e lidera uma onda de comédias que estão assumindo o lugar das convencionais comédias românticas para atrair espectadores atrás de filmes que deixem uma sensação boa de calor a medida que o tempo esfria.

(Por Piya Sinha-Roy)