Entidade britânica do cinema lançará serviço digital com filmes raros

quinta-feira, 3 de outubro de 2013 17:51 BRT
 

Por Paul Casciato

LONDRES, 2 Out (Reuters) - O Instituto Britânico do Filme planeja lançar este mês um serviço digital que dá acesso a um dos acervos mais ricos do mundo, que inclui desde raros filme da época Edwardiana ao cinema contemporâneo.

Fundado há 80 anos, o BFI (na sigla em inglês) irá apresentar o seu BFI- Player em 9 de outubro para o mercado do vídeo sob demanda (VOD), que vive rápida expansão e cujo valor na Grã-Bretanha em 2012 era estimado em cerca de 243 milhões de libras esterlinas (393,7 milhões de dólares).

"Eu acho que este é o nosso momento mais importante desde que estou aqui", disse o presidente do BFI, Greg Dyke, à Reuters , nesta quarta-feira "Quando cheguei no BFI (cinco anos atrás) não estava de fato no mundo digital. Agora, estamos lá."

O serviço só será oferecido inicialmente para assinantes britânicos.

"Se o restante do mundo quiser tê-lo, teremos que fazer uma versão internacional", disse Dyke, um ex-diretor-geral da BBC, cujo iPlayer tem sido um sucesso com o público de TV no país.

A versão inicial será lançada para computadores e tablets e organizada em sete diferentes "coleções" de navegação: "London Film Festival Presents", " Backed by the BFI", " Edwardian Britain", "Gothic" , "Cult Cinema" , "Inside Film" e uma seleção da revista do setor de mídia Sight and Sound.