Morre astronauta Scott Carpenter, 2o norte-americano a orbitar a Terra

sexta-feira, 11 de outubro de 2013 20:22 BRT
 

Por Keith Coiffman

DENVER, 11 Out (Reuters) - O astronauta Scott Carpenter, que em 1962 se tornou o quarto norte-americano a chegar ao espaço e o segundo a orbitar a Terra, morreu aos 88 anos na quinta-feira, no Colorado, por complicações decorrentes de um derrame, disse a mulher, Patty Carpenter.

Ele morreu em uma clínica, em Denver, segundo a mulher.

A Administração Nacional de Aeronautas e Espaço escolheu Carpenter e outros seis pilotos para serem astronautas do programa espacial Mercury em 1959, na época em que os Estados Unidos entraram na corrida espacial com a então União Soviética.

O único membro da equipe do Mercury 7 que está vivo é John Glenn, de 92 anos, aposentado como ex-senador do Estado de Ohio. Em 1962, Glenn tornou-se o primeiro norte-americano a orbitar a Terra, e Carpenter era seu substituto na missão.

Mais tarde naquele ano, Carpenter fez seu voo espacial na nave Aurora 7 e completou três voltas ao redor da Terra no dia 24 de maio, semanas depois de completar 37 anos. O voo de menos de cinco horas fez com que ele se tornasse o segundo norte-americano a orbitar a Terra, uma experiência que o acompanhou até o fim da sua vida.

"Eu ainda lembro da emoção de estar lá em cima, eu gostei da sensação da estar sem peso, e a vista que eu tive da Terra", disse a uma revista da Universidade do Colorado no ano passado.

 
Astronauta Scott Carpenter acena para fãs durante parada em comemoração ao cinquentenário da ida do primeiro astronauta dos EUA ao espaço, em Cocoa Beach, Flórida. Carpenter que em 1962 se tornou o quarto norte-americano a chegar ao espaço e o segundo a orbitar a Terra, morreu aos 88 anos na quinta-feira, no Colorado, por complicações decorrentes de um derrame, disse a mulher, Patty Carpenter. 7/05/2011. REUTERS/Phelan Ebenhack-Chevrolet/Handout