Grafiteiro Banksy monta banca em parque e vende obras a US$60 em NY

quarta-feira, 16 de outubro de 2013 16:59 BRT
 

NOVA YORK, 14 Out (Reuters) - Colecionadores de arte e turistas encontraram uma pechincha no fim de semana no Central Park, em Nova York, onde o famoso grafiteiro britânico Banksy montou uma banca para vender pinturas a 60 dólares - preço muito inferior aos mais de 150 mil dólares que uma obra dele deve obter em leilão neste ano.

"Ontem montei uma banca no parque vendendo telas autênticas, 100 por cento originais, assinadas por Banksy", disse o misterioso artista em uma postagem no seu site na segunda-feira.

A banca, mostrada em um vídeo no seu site, tinha obras do artista, inclusive pinturas de animais, uma bailarina e um elefante com um foguete atado ao seu corpo. Uma placa dizia "arte com spray", e outra informava o preço: 60 dólares.

As vendas eram feitas por um homem grisalho, de boné, que não é Bansky.

A primeira venda, como mostra o vídeo, foi para uma mulher que levou duas obras pequenas para seus filhos, mas só depois de barganhar um desconto. Uma neozelandesa comprou duas pinturas, e um comprador de Chicago que precisa de "algo para as paredes" da sua casa nova levou quatro telas.

O vídeo indica que os compradores não tinham nem ideia de que se tratava de originais de Banksy. "Arrecadação total do dia: 420 dólares", disse o site, acrescentando que a oportunidade não se repetirá.

No começo deste mês, Banksy - pseudônimo de um artista cuja identidade real é desconhecida - anunciou que exporia seu trabalho pelas paredes de Nova York.

O grafiteiro ganhou fama na década de 1990, fazendo estênceis provocativos e irônicos sobre a realidade social nas cidades de Londres e Bristol. Em 2010, ele apareceu no documentário "Exit Through the Gift Shop", mas sua voz e seu rosto foram manipulados para não permitir a identificação.

Um mural grafitado pelo artista, intitulado "Trabalho Escravo", retirado de uma parede em Londres, foi vendido neste ano por 1,1 milhão de dólares.

Outra obra, chamada "Menina com Flor", encontrada em 2008 no muro de um posto de gasolina em Los Angeles, deve arrecadar entre 150 mil e 300 mil dólares num leilão a ser realizado em dezembro em Beverly Hills.

(Reportagem de Patricia Reaney)