Atriz Carol Burnett é homenageada com prêmio Mark Twain

segunda-feira, 21 de outubro de 2013 21:00 BRST
 

Por Jeff Mason

WASHINGTON, 21 Out (Reuters) - Estrelas dos palcos e da TV homenagearam a cantora e atriz norte-americana Carol Burnett no domingo com o prêmio Mark Twain, concedido pelo Centro Kennedy, durante uma noite em que foi exaltada a sua carreira de décadas como comediante enquanto se aproveitou para alfinetar os políticos em Washington.

A atriz da Broadway e de cinema Julie Andrews, a comediante Tina Fey e o cantor Tony Bennett estiveram entre os amigos e colegas que prestaram tributo a Burnett, cuja série de variedades "The Carol Burnett Show" ficou no ar por 11 anos.

"Estou arrebatada, totalmente arrebatada", disse Burnett a repórteres antes da cerimônia de premiação.

A atriz e cantora de 80 anos, famosa por puxar sua orelha ao final de suas performances, assistiu de um balcão no Centro Kennedy enquanto muitos de seus contemporâneos falaram do exemplo dado por ela para suas vidas e carreiras.

"Eu te amo de uma maneira que é quase assustadora", disse Fey, que já foi cantora e atriz no programa de comédia "Saturday Night Life", do canal NBC, a Burnett.

"Eu assistia ao seu show e pensava: eu poderia fazer isso."

Em sua fala, Burnett aproveitou para fazer comentários ácidos sobre o fato de receber o prêmio em Washington, capital dos Estados Unidos e cidade que abriga as sedes do governo federal e do Congresso.

"Demorou bastante para receber (o prêmio), mas eu entendo, porque há tantas pessoas mais engraçadas do que eu. Especialmente aqui em Washington", disse ela ao subir ao palco para aceitar a premiação.

"Com alguma sorte, logo eles perderão as eleições e eu ainda terei o prêmio Mark Twain", acrescentou.

 
Atriz comediante dos EUA Carol Brunett antes de ser premiada com o prêmio Mark Twain de Humor 2013, no Centro Kennedy, em Washington. A atriz da Broadway e de cinema Julie Andrews, a comediante Tina Fey e o cantor Tony Bennett estiveram entre os amigos e colegas que prestaram tributo a Burnett, cuja série de variedades "The Carol Burnett Show" ficou no ar por 11 anos. 20/10/2013. REUTERS/Jonathan Ernst