Michael Jackson volta a ser a celebridade morta mais lucrativa

quarta-feira, 23 de outubro de 2013 20:45 BRST
 

NOVA YORK, 23 Out (Reuters) - Michael Jackson retomou neste ano o posto de mais lucrativa celebridade morta, disse a revista Forbes na quarta-feira, numa lista que o coloca bem à frente do cantor Elvis Presley e do cartunista Charles Schulz.

Jackson, que morreu em 2009, havia sido desbancado em 2012 por Elizabeth Taylor, mas voltou ao topo depois de ter gerado uma renda de 160 milhões de dólares para o seu espólio nos últimos 12 meses.

O dinheiro resulta dos direitos pagos pelo Cirque du Soleil para montar dois espetáculos, do catálogo das suas canções, das vendas fonográficos e da sua metade no império editorial musical Sony/ATV, que detém direitos sobre sucessos de artistas como Beatles, Lady Gaga, Eminem e Taylor Swift.

O espólio de Presley faturou 55 milhões de dólares no período, e o de Schulz, criador do personagem Snoopy, ficou em terceiro lugar pelo segundo ano consecutivo, com 37 milhões de dólares.

Taylor caiu para quarto, com 25 milhões de dólares, depois de seu espólio receber 210 milhões no ano anterior, em grande parte graças a um leilão de jóias.

O cantor Bob Marley ficou em quinto lugar, com 18 milhões de dólares, e o cientista Albert Einstein ganhou postumamente 10 milhões, ficando em oitavo lugar na lista.

A cantora mexicano-americana Jenni Rivera, que morreu em dezembro aos 43 anos, entrou na lista em 13º lugar, com 7 milhões de dólares faturados postumamente.

A Forbes prepara a lista com base em entrevistas com inventariantes, advogados e responsáveis por licenciamentos.

(Reportagem de Patricia Reaney)