Após 40 anos, Sophia Loren vence disputa com o fisco

quinta-feira, 24 de outubro de 2013 11:08 BRST
 

ROMA, 24 Out (Reuters) - Demorou quase 40 anos, mas Sophia Loren finalmente se vingou de alguém que muita gente adora odiar: o cobrador de impostos.

A atriz italiana, de 79 anos, estava sendo processada desde 1974 pelo fisco do seu país, que exigia receber 70 por cento dos rendimentos dela naquele ano, em vez de 60 por cento. Na quarta-feira, o principal tribunal italiano deu razão a ela.

O valor tributável em questão é equivalente a 276 mil euros, ou 380,4 mil dólares.

O advogado dela, que passou décadas apresentando recursos, disse que todo o processo foi "kafkiano", mas que sua cliente, radicada na Suíça, recebeu com satisfação o que ela descreveu como "um milagre".

Loren, estrela do cinema italiano do pós-guerra e ganhadora do Oscar em 1961 por "Duas Mulheres", já havia tido problemas anteriores com o fisco. Em 1982, ela passou 17 dias presa no sul da Itália como parte de um processo judicial por não ter apresentado declaração de imposto de renda. Ela disse que a falha foi provocada por um esquecimento do seu contador.

(Reportagem de Philip Pullella)

 
Atriz italiana Sophia Loren posa para foto durante divulgação do filme "Carros 2 (3D)", em Roma. Demorou quase 40 anos, mas Sophia Loren finalmente se vingou de alguém que muita gente adora odiar: o cobrador de impostos. 15/06/2011. REUTERS/Remo Casilli