Roqueiro Lou Reed deixa herança para mulher e irmã

terça-feira, 5 de novembro de 2013 18:13 BRST
 

NOVA YORK, 5 Nov (Reuters) - O roqueiro Lou Reed, influente músico da banda dos anos 1960 The Velvet Underground que morreu na semana passada, deixou sua herança para a mulher e a irmã, de acordo com sua decisão apresentada a um tribunal de Nova York.

O artista, cujas canções solo incluem "Walk on the Wild Side" e "Perfect Day", morreu devido a um problema hepático aos 71 anos. Ele foi submetido a um transplante de fígado em abril.

A mulher de Reed, a artista Laurie Anderson, receberá a maior parte da herança estimada em 15 milhões dólares, incluindo o apartamento deles em Nova York, uma casa em East Hampton, Nova York, e todos os bens pessoais do cantor.

Reed e Laurie se casaram em 2008.

"A maior parte de sua propriedade está em confiança de sua mulher, 75 por cento. Os outros 25 por cento estão em confiança da irmã dele", disse o advogado de Reed, James Purdy.

A irmã de Reed também recebeu uma doação de 500.000 dólares. Reed disse em sua decisão, apresentada na segunda-feira, que esperava que ela usaria parte do dinheiro para cuidar de sua mãe.

Nascido no Brooklyn, Reed formou o The Velvet Underground com o músico John Cale como um experimento de vanguarda no rock e ganhou atenção do artista pop Andy Warhol assim que chegou à cena noturna de Nova York.

Apesar de a banda nunca ter atingido grande sucesso comercial, revolucionou o rock nos anos 1960 e 1970 com uma mistura de violentas batidas de guitarra e melodias suaves cantadas por Reed ou pela modelo alemã Nico.

(Reportagem de Patricia Reaney)