Polícia investiga envolvimento de Justin Bieber em pichação no Rio

quarta-feira, 6 de novembro de 2013 16:23 BRST
 

RIO DE JANEIRO, 6 Nov (Reuters) - A polícia do Rio de Janeiro afirmou nesta quarta-feira que está investigando se o cantor canadense Justin Bieber pichou o muro de um hotel à beira-mar na cidade.

O cantor de 19 anos, que veio ao Brasil como parte de sua turnê sul-americana, foi fotografado na madrugada de terça-feira, juntamente a integrantes de sua comitiva, pintando a parede do lado de fora de um hotel de luxo no bairro de São Conrado, no Rio.

Após reclamações de paparazzi sobre a abordagem de seguranças de Bieber, a polícia do Rio disse que iria investigar o incidente e determinar se Bieber infringiu as leis brasileiras contra a destruição de patrimônio.

Em comunicado, a polícia civil informou que já tinha interrogado um representante de Bieber e que continuaria reunindo detalhes sobre o incidente.

A polícia federal negou relatos da mídia local de que investigadores tentariam impedir Bieber, que tem show marcado para esta quarta-feira em Assunção, no Paraguai, de deixar o país.

O incidente aconteceu depois de um turbilhão de manchetes que marcou a estada de Bieber no país, incluindo relatos de que ele esteve em uma boate do Rio, que no passado foi fechada por prostituição.

Melissa Victor, uma agente de Bieber na Universal Music Group, em Nova York, não retornou ligação para comentar o assunto.

(Reportagem de Paulo Prada)