7 de Novembro de 2013 / às 10:39 / 4 anos atrás

George Strait e Blake Shelton levam maiores prêmios da música country nos EUA

Por Vernell Hackett

NASHVILLE, Estados Unidos, 7 Nov (Reuters) - George Strait ganhou o cobiçado prêmio de artista do ano na premiação da Associação da Música Country norte-americana, na noite de quarta-feira, enquanto Blake Shelton levou para casa os prêmios de álbum do ano e vocalista masculino do ano.

Strait, de 61 anos, ganhou o principal prêmio pela terceira vez e pela primeira desde 1990. O músico, que disse que vai se aposentar das turnês no próximo ano, ganhou 17 prêmios da associação ao longo da carreira.

"O que? Ah, puxa, nunca em um milhão de anos", disse um surpreso Strait ao receber o prêmio. "Isso me surpreendeu, não consigo acreditar... Isso significa tudo para mim e eu agradeço".

Strait, que ganhou fama em 1981 com um som de volta às raízes, lançou seu 27º álbum, "Love Is Everything", neste ano. Shelton, Taylor Swift, Jason Aldean e Luke Bryan também foram indicados para a categoria artista do ano.

Shelton, que se tornou uma estrela do entretenimento desde que ingressou no quadro de jurados do programa de TV "The Voice" em 2011, foi premiado como vocalista do ano (na categoria masculina) e como o álbum do ano por "Based on a True Story...".

"Disse mais cedo hoje que se havia um prêmio que significaria o máximo para mim hoje à noite seria o de álbum do ano", disse Shelton ao receber o prêmio.

Shelton, que foi eleito artista do ano no ano passado, levou para casa agora um total de oito prêmios. Sua esposa, Miranda Lambert, ficou com o prêmio de vocalista do ano na categoria feminina.

Florida Georgia Line, uma dupla composta de Brian Kelley e Tyler Hubbard, ganhou seus dois primeiros prêmios: a música "Cruise" foi considerada o single do ano e o grupo levou o prêmio de melhor dupla vocal.

O dueto, que tem conferido o sucesso do álbum de 2012 "Here's to the Good Times", também ajudou a começar a premiação na Bridgestone Arena, em Nashville.

O grupo surgiu da plateia para ajudar Bryan a abrir a transmissão, cantando "Cruise" e o sucesso de Bryan "That's My Kind of Night."

A premiação também fez homenagens a Kenny Rogers, que ganhou um prêmio pelo conjunto de sua obra, e George Jones, que morreu em abril.

Os apresentadores Carrie Underwood e Brad Paisley também deram um tom de brincadeira à premiação com uma introdução que zombava de artistas rivais.

Os dois cantores também fizeram interpretações cômicas do sucesso de 1975 "Why Can't We Be Friends?", de War, e de "Blurred Lines", sucesso de 2013 do cantor pop Robin Thicke.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below