Rapper Kanye West se declara inocente de agressão contra fotógrafo

quinta-feira, 7 de novembro de 2013 20:50 BRST
 

LOS ANGELES, 7 Nov (Reuters) - O rapper Kanye West se declarou inocente nesta quinta-feira das acusações de contravenção decorrentes de uma briga com um fotógrafo no Aeroporto Internacional de Los Angeles, nos Estados Unidos, disse um porta-voz do tribunal.

West, de 36 anos, foi acusado em setembro de agressão e tentativa de roubo durante uma briga com o fotógrafo Daniel Ramos que ocorreu em julho no lado de fora do aeroporto norte-americano.

O advogado do rapper, Blair Berk, entrou com um apelo em nome de West no Superior Tribunal de Justiça de Los Angeles.

Um vídeo do incidente, postado no site de notícias de celebridades TMZ, mostra o rapper vencedor do Grammy irritado com fotógrafos conforme deixava o aeroporto. West enfrenta Ramos e parece empurrá-lo.

West tentou levar os equipamentos de Ramos, alegou o promotor da cidade de Los Angeles.

A advogada do fotógrafo, Gloria Allred, disse que ele ainda sofre dos ferimentos do incidente e que ela espera que o caso vá a julgamento. Ela disse que ele machucou o quadril durante a briga.

Cada acusação acarreta uma pena máxima de seis meses de prisão. A próxima audiência do caso está marcada para 23 de janeiro, mas West não é obrigado a comparecer.

West se tornou alvo frequente de paparazzi depois de seu relacionamento com a estrela de reality show Kim Kardashian no ano passado. O primeiro filho do casal, uma menina chamada North West, nasceu em junho, e agora os dois pretendem se casar.

(Reportagem de Eric Kelsey e Reuters TV)