11 de Novembro de 2013 / às 11:19 / em 4 anos

Katy Perry e Eminem triunfam em prêmio da MTV de "resposta" ao YouTube

Cantora Katy Perry durante apresentação no MTV Europe Music Awards, na arena Ziggo, em Amsterdã. Katy Perry ganhou o troféu de melhor cantora no prêmio MTV EMA, no domingo, desbancando Lady Gaga e Miley Cyrus na primeira edição do evento depois da nova premiação musical criada pelo YouTube, que teve cerimônia de entrega na semana passada. 10/11/2013. REUTERS/Remko De Waal

Por Thomas Escritt e Mike Davidson

AMSTERDÃ, 11 Nov (Reuters) - Katy Perry ganhou o troféu de melhor cantora no prêmio MTV EMA, no domingo, desbancando Lady Gaga e Miley Cyrus na primeira edição do evento depois da nova premiação musical criada pelo YouTube, que teve cerimônia de entrega na semana passada.

Mas foi Miley Cyrus quem roubou a cena, ao acender no palco o que parecia ser um cigarro de maconha, numa alusão à famosa atitude tolerante de Amsterdã com as drogas leves.

Antes, a ex-estrela da Disney havia sido fotografada em um dos famosos coffeshops (bares com venda de maconha) da cidade holandesa.

Ao vencer Cyrus e Gaga, Perry levou o troféu da categoria mais disputada da 20ª edição do European Music Awards. Ao receber o prêmio, ela apresentou uma versão dramática da sua canção “Unconditionally”, suspensa como uma bola purpurinada a 9 metros de altura, sobre um gigantesco cenário com alusões ao espaço sideral.

“Meu objetivo é levar (minha música) ao máximo de ouvidos possível”, disse ela no tapete vermelho antes da cerimônia. “Se isso acontecer, fico feliz.”

Quando Miley recebeu o prêmio de melhor clipe, por “Wrecking Ball”, ela fingiu que não achava espaço na bolsa para o troféu. “Sabe, não consegui fazer isto caber na minha bolsa, mas achei isto”, disse ela, sacando um cigarro artesanal que acendeu ao deixar o palco.

Miley, que em agosto já causara polêmica apresentando uma dança sensual no MTV Video Music Awards, chegou à cerimônia de Amsterdã vestindo um ousado minivestido com os dizeres “Por favor, chega de violência”.

Outros destaques da noite foram Eminem, que recebeu um prêmio pelo conjunto da obra e como melhor artista de hip-hop, e a “boy-band” britânica One Direction, que levou o prêmio de melhor grupo pop e de melhor estilo (para o vocalista Harry Styles).

Jared Ledo pediu sem sucesso um minuto de silêncio pelas vítimas do tufão Haiyan, nas Filipinas, quando sua banda, a Thirty Seconds From Mars, recebeu o prêmio de melhor artista alternativo.

Justin Bieber foi o melhor artista masculino, pelo quarto ano consecutivo. Beyoncé ganhou como melhor apresentação ao vivo, e Bruno Mars, como melhor canção. O chinês Chris Lee levou o troféu de melhor atração internacional.

Por causa da concorrência do novo prêmio do YouTube, uma aposta do Google para dar mais visibilidade ao site de vídeos, esta edição do EMA foi vista como um teste para a sobrevivência da MTV na era da Internet.

Robert Bakish, diretor da divisão de TV aberta da Viacom, empresa que controla a MTV, disse estar confiante em enfrentar o desafio. “Sempre há concorrência, concorrência tradicional e nova concorrência”, disse Bakish à Reuters no tapete vermelho antes da festa. “O EMA é a máxima plataforma de expressão, combinamos televisão ao vivo com (plataformas) digitais, na web e no celular.”

Reportagem adicional de Sara Webb

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below