Aos 91, desenhista do Superman quer de volta desenhos que deu a JFK

quinta-feira, 21 de novembro de 2013 19:18 BRST
 

NOVA YORK, 21 Nov (Reuters) - Um idoso quadrinista está correndo contra o tempo para recuperar um desenho seu que retratava o personagem Superman com o presidente John F. Kennedy, o qual deveria ter sido publicado numa revista no mês em que Kennedy foi assassinado, em 1963.

Al Plastino, de 91 anos, pediu nesta semana a um tribunal estadual de Nova York que ordene a casa de leilões Heritage Auctions, de Dallas, a identificar a pessoa que a contratou para vender a obra original, intitulada "A missão do Superman para o presidente Kennedy", a fim de que Plastino possa solicitar sua devolução.

Segundo documentos judiciais, Plastino achava que o desenho teria sido doado ao acervo de Kennedy logo depois do assassinato do presidente, um crime que completa 50 anos na sexta-feira.

Mas, recentemente, o artista ficou surpreso ao descobrir que o desenho seria levado a leilão na sexta-feira em Beverly Hills, na Califórnia. O porta-voz da Heritage Auctions, Noah Fleisher, disse que por causa da polêmica a empresa desistiu de leiloar a obra.

Plastino foi um dos mais aclamados e prolíficos desenhistas do Superman no auge do personagem, em meados do século 20, segundo documentos judiciais.

Ele disse que aguarda a devolução do desenho para que ele possa ser "exibido no seu devido lugar", a Biblioteca Presidencial Kennedy, em Boston, e para que esse seja "seu legado público e duradouro ao público interessado", disse a ação judicial.

"Devido à idade avançada e saúde frágil do senhor Plastino, o tempo é essencial para que esta questão seja resolvida durante sua vida", disseram os documentos judiciais.

(Reportagem de Bernard Vaughan)