Ator Paul Walker morreu de lesões traumáticas e térmicas, diz IML

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 17:35 BRST
 

LOS ANGELES, 4 Dez (Reuters) - O ator Paul Walker, mais conhecido por seu papel nos filmes de ação "Velozes e Furiosos", morreu dos "efeitos combinados de lesões traumáticas e térmicas" em um acidente de carro, afirmou o Instituto Médico Legal de Los Angeles nesta quarta-feira.

Walker, de 40 anos, era passageiro no carro que se acidentou no sábado em Santa Clarita, na Califórnia, 50 quilômetros a noroeste de Los Angeles. O motorista do Porsche Carrera GT, Roger Rodas, morreu de múltiplas lesões traumáticas, afirmou o IML.

Como resultado da morte de Walker, a Universal Pictures suspendeu as filmagens de "Velozes e Furiosos 7" por tempo indeterminado. O filme está programado para ser lançado em 11 de julho de 2014.

"Neste momento sentimos que é nossa responsabilidade suspender a produção de 'Velozes e Furiosos 7' por um período de tempo, para que possamos avaliar todas as opções disponíveis para avançar com a franquia", afirmou a Universal Pictures, uma unidade da Comcast, em comunicado.

O IML concluiu que ambas as mortes foram provocadas por acidentes e disse que as lesões ocorreram quando o carro atingiu um objeto fixo.

Câmeras de vigilância mostraram o Porsche vermelho colidindo com um poste e explodindo em chamas cerca de um minuto depois, de acordo com imagens mostradas na rede de televisão CNN.

Exames toxicológicos nos corpos serão concluídos em seis a oito semanas, afirmou o IML.

A franquia "Velozes e Furiosos" já arrecadou mais de 2 bilhões de dólares nas bilheterias do mundo desde sua estreia, em 2001.

(Reportagem de Eric Kelsey)