Chef de TV Nigella diz que consumiu cocaína, mas nega dependência

quarta-feira, 4 de dezembro de 2013 17:13 BRST
 

LONDRES, 4 Dez (Reuters) - A chef Nigella Lawson, celebridade de um programa de culinária na TV, disse a um tribunal britânico nesta quarta-feira que usou cocaína diversas vezes, mas garantiu que nunca foi dependente ou usou drogas em excesso.

Nigella prestou depoimento no julgamento de duas assistentes pessoais que enfrentam acusações de fraude relacionada ao suposto uso indevido de 685 mil libras (1,12 milhão de dólares) em um cartão de crédito que pertencia ao ex-marido da chef, o milionário negociador de obras de artes Charles Saatchi.

Na semana passada, o advogado de defesa das assistentes disse que havia um acordo tácito de que elas podiam usar o que quisessem, desde que não contassem para ninguém que Nigella usava drogas.

Também foi dito ao tribunal que Saatchi escreveu um email a Nigella em outubro acusando-a de estar alterada pelo uso de drogas.

Nigella, de 53 anos, disse nesta quarta-feira que usou cocaína diversas vezes com seu primeiro marido, o jornalista John Diamon, quando ele usava a droga como alívio antes de morrer de um câncer de garganta em 2011.

Mas a chef, que é bastante famosa na Grã-Bretanha e nos Estados Unidos, disse ao júri em Londres: "A ideia de que eu sou viciada em drogas ou uma usuária habitual de cocaína é ridícula. Eu não tenho um problema com drogas, eu tenho um problema com a vida."

(Reportagem de Alexander Winning)