Demolição de prédio alvo de atentado em Oslo pode destruir obras de Picasso

sexta-feira, 13 de dezembro de 2013 20:11 BRST
 

OSLO, 13 Dez (Reuters) - Cinco obras de Picasso gravadas em concreto podem ter de enfrentar os equipamentos de demolição nos edifícios governamentais de Oslo que o militante anti-islâmico Anders Breivik atacou em 2011.

Espalhadas por dois prédios, incluindo o edifício de 17 andares High Block, que abriga o gabinete do primeiro-ministro, as peças de Picasso foram gravadas em 1958. Foram as primeiras obras de Picasso para gravação em concreto e quatro delas foram especialmente feitas para esse local.

A Noruega está discutindo o que fazer com os prédios danificados no atentado de Breivik que matou oito pessoas e foi seguido de um outro ataque no qual ele matou outras 69 pessoas, na maioria adolescentes, num acampamento de verão do Partido Trabalhista.

O novo governo, empossado em outubro, deve tomar uma decisão no próximo semestre, e as autoridades insistem que ainda não têm uma posição fechada sobre a questão.

"Este é um debate altamente emocional", disse Paal Weiby, porta-voz do órgão encarregado da administração das propriedades do governo, a Statsbygg.

"Um monte de gente ficaria horrorizada de voltar" a trabalhar no edifício, disse ele. "Mas outros dizem que esse edifício é um símbolo, e que se ele for derrubado, o terrorista vence."

As peças, descoloridas após anos de fumaça de cigarro, foram gravadas no concreto por um amigo de Picasso, o artista norueguês Carl Nesjar, cujos trabalhos também decoram os prédios.

As obras de Picasso incluem "A Praia", "A Gaivota", "Sátiro e Fauno" e duas versões de "Os Pescadores". A maioria tem cerca de 3 metros de largura, mas a versão de "Os Pescadores" no exterior de um prédio tem 13 metros de largura.

O atentado de Breivik deixou uma cratera da profundidade de dois andares, curvou estruturas de aço e estraçalhou o concreto, danificando o High Block de tal maneira que um estudo encomendado pelo governo recomendou sua demolição, argumentando que um novo prédio resultaria numa economia de 400 milhões de coroas (65 milhões de dólares).   Continuação...

 
Cinco obras de Picasso gravadas em concreto, como "Os Pescadores" (foto), podem ter de enfrentar os equipamentos de demolição nos edifícios governamentais de Oslo que o militante anti-islâmico Anders Breivik atacou em 2011. REUTERS/Tobias Schwarz