China multa cineasta Zhang Yimou em US$1,2 mi por ter 3 filhos

quinta-feira, 9 de janeiro de 2014 11:05 BRST
 

PEQUIM, 9 Jan (Reuters) - O aclamado cineasta chinês Zhang Yimou foi multado nesta quinta-feira em 7,5 milhões de iuanes (1,24 milhão de dólares) por ter três filhos, violando a "política do filho único" que há décadas vigora no país mais populoso do mundo.

A agência de planejamento familiar na cidade de Wuxi (leste, local de origem da esposa de Zhang, Chen Ting) informou no mês passado que o cineasta seria multado, mas não revelou o valor. Zhang recorreu.

No ano passado, circularam na Internet rumores de que Zhang --mentor da deslumbrante cerimônia de abertura da Olimpíada de Pequim-2008, e realizador de filmes premiados como "Lanternas Vermelhas"-- tinha pelo menos sete filhos, e por isso poderia ser multado em até 160 milhões de iuanes (26,3 milhões de dólares), segundo a agência Xinhua.

Os rumores levaram Zhang a ser caçado, e em novembro a agência disse que ele não estava sendo localizado. Em dezembro, Zhang pediu desculpas por ter três filhos, e disse que aceitaria uma punição.

Em nota divulgada na Internet pela administração do distrito de Binhu, em Wuxi, as autoridades disseram que o cineasta terá 30 dias para pagar a multa, calculada com base na renda do casal genitor.

(Reportagem de Sui-Lee Wee e Hui Li)

 
Diretor Zhang Yimou gesticula durante coletiva de imprensa, em Berlim. O aclamado cineasta chinês Zhang Yimou foi multado nesta quinta-feira em 7,5 milhões de iuanes (1,24 milhão de dólares) por ter três filhos, violando a "política do filho único" que há décadas vigora no país mais populoso do mundo. 14/02/2010. REUTERS/Tobias Schwarz