Cuarón ganha prêmio dos diretores e "Gravidade" acelera para Oscars

domingo, 26 de janeiro de 2014 12:34 BRST
 

LOS ANGELES (Reuters) - O diretor mexicano Alfonso Cuarón ganhou o principal prêmio do Directors Guild of America (DGA) no domingo pelo filme "Gravidade", enquanto o drama no espaço cósmico ganha impulso rumo aos Oscar junto com "Trapaça" e "12 Anos de Escravidão".

O prêmio de melhor diretor é o primeiro que Cuarón recebe da DGA e é considerado um forte indicador de sucesso no Oscar, daqui a seis semanas. A principal honraria do DGA já acertou na previsão do Oscar de melhor filme nove vezes nos últimos dez anos.

"Isso é realmente uma honra e estou profundamente grato por ser reconhecido pelos meus colegas", disse Cuarón, de 52 anos, ao aceitar o prêmio durante a cerimônia em Los Angeles.

O drama cheio de efeitos especiais de Cuarón, sobre uma astronauta que se separa da sua nave espacial, também ganhou um prêmio dos produtores de Hollywood na semana passada junto com 12 Anos de Escravidão, em um raro empate.

Gravidade é estrelado por Sandra Bullock, no papel da Dra. Ryan Stone na sua primeira missão espacial, e George Clooney, que vive um veterano astronauta, o tenente Matt Kowalski, que tenta salvar a vida de Stone.

Durante seu discurso, Cuarón contou como, parte do seu trabalho como diretor era examinar as fotos da Terra de satélites de alta resolução, que foram usadas como pano de fundo do filme e como elas mostravam pouco sobre a vida dos humanos.

"O que não se pode ver lá de cima é esse experimento bizarro da natureza que é a experiência humana e esse experimento, é o que os diretores tentam desvendar em seus filmes", disse Cuarón. "E, felizmente, essa experiência é tão diferente quanto os filmes que estes cineastas fazem."

Desde 1948 aconteceram apenas sete ocasiões em que o vencedor do prêmio da DGA não ganhou o Oscar correspondente da Academia. O vencedor do ano passado da DGA, Ben Affleck, pelo drama "Argo", sobre reféns no Irã, não foi indicado ao prêmio de melhor diretor do Oscar, que foi dado a Ang Lee por "As Aventuras de Pi".

O filme de Cuarón ganhou do filme de suspense sobre piratas da Somália, "Capitão Phillips", de Paul Greengrass, do drama sobre escravidão de SteveMcQueen, 12 Anos de Escravidão, de Trapaça, de David O. Russell, e da história do corretor da bolsa de valores desacreditado, Jordan Belfort, em "O Lobo de Wall Street", de Martin Scorcese.

 
Ator e diretor Ben Affleck sorri ao entregar prêmio ao diretor mexicano Alfonso Cuarón pelo filme "Gravidade", durante a 66ª edição do Directors Guild of America (DGA), 25 de janeiro de 2014. O diretor mexicano Alfonso Cuarón ganhou o principal prêmio do Directors Guild of America (DGA) no domingo pelo filme "Gravidade", enquanto o drama no espaço cósmico ganha impulso rumo aos Oscar junto com "Trapaça" e "12 Anos de Escravidão". REUTERS/Gus Ruelas