"De Volta para o Futuro" viajará para os palcos de Londres em 2015

sexta-feira, 31 de janeiro de 2014 14:09 BRST
 

Por Michael Roddy

LONDRES, 31 Jan (Reuters) - Sucesso de público de 1985, o filme "De Volta para o Futuro" ruma para um palco londrino como musical e deve estrear no aniversário de 30 anos do longa-metragem, disseram seus produtores nesta sexta-feira.

Michael J. Fox estrelou o filme como uma viajante do tempo em um DeLorean aperfeiçoado que volta 30 anos no tempo e, entre outras coisas, apresenta o rock and roll a Chuck Berry.

"De Volta para o Futuro" teve duas sequências, na primeira das quais Fox vai para o futuro -- coincidentemente 2015, o ano em que o musical deve estrear.

Robert Zemeckis, que dirigiu e co-escreveu o longa, fará uma parceria com o co-roteirista Bob Gale no libreto para o musical, informou um comunicado conjunto de Zemeckis e Gale.

A Universal Stage Productions (produtora de "Billy Elliott"), o produtor londrino Colin Ingram e a Amblin Entertainment, empresa do produtor e diretor Steven Spielberg, também estão envolvidas na produção, disse o comunicado.

"O ‘De Volta para o Futuro - O Musical' é um projeto que Bob Zemeckis e eu estamos explorando há quase dez anos", afirmou Gale na nota.

"Estamos empolgados por finalmente estarmos em uma parceria com uma equipe de criação e produção que vai montar um show fiel ao espírito do filme sem ser uma mera repetição."

Jamie Lloyd, um ex-diretor-assistente do renomado teatro londrino Donmar Warehouse, irá dirigir. Haverá músicas e letras novas de Alan Silvestri e Glen Ballard, e ainda músicas originais do filme da banda Huey Lewis & The News.

"A produção irá incluir ilusões, manobras de skate e muitas outras surpresas que irão capturar o espírito do filme, mas interpretá-lo com frescor para uma nova plateia", declarou Lloyd na nota de divulgação.

"Steven Spielberg descreveu o filme uma vez como um musical, e se por um lado estamos aproveitando parte das músicas originais, por outro as novas canções de Alan Silvestri and Glen Ballard são a plataforma perfeita para contar essa história edificante de maneira nova."