Michael Kors eleva previsão anual depois de fortes resultados trimestrais

terça-feira, 4 de fevereiro de 2014 16:41 BRST
 

4 Fev (Reuters) - A Michael Kors Holdings elevou sua previsão de lucro para o ano depois de suas bolsas e relógios fazerem sucesso durante a temporada de compras de Natal, levando suas ações a uma alta de mais de 17 por cento nesta terça-feira.

Às 16h31 (horário de Brasília), os papéis da companhia avançavam 17,8 por cento.

A Michael Kors, batizada com o nome de seu estilista fundador, evitou os descontos oferecidos por muitos de seus concorrentes para registrar uma alta de 77 por cento no lucro líquido do último trimestre, resultado que superou expectativas.

A coleção de bolsas da Michael Kors contempla de produtos menores, vendidos a cerca de 100 dólares, a itens com couro de cobra que custam em torno de 3.000 dólares.

Nesta terça-feira, a companhia divulgou um aumento de 51 por cento nas vendas na América do Norte para o terceiro trimestre encerrado em 28 de dezembro, e disse que sua margem bruta subiu 100 pontos-base, para 61,2 por cento.

A empresa também apresentou um crescimento significativo nas vendas na Europa, apesar da desaceleração em muitas economias do continente. A receita da Europa mais do que duplicou e as vendas comparáveis nas lojas ​​saltaram 73 por cento no trimestre.

Elevando suas previsões para o consolidado do ano pela terceira vez, a Michael Kors afirmou que esperava lucro de 3,07 a 3,09 dólares por ação para o ano encerrado em março de 2014. Sua previsão anterior era de lucro de 2,77 a 2,81 dólares por ação.

A companhia também elevou sua previsão de receita para o ano para 3,18 bilhões a 3,19 bilhões de dólares, ante uma faixa anterior de 2,9 bilhões a 3 bilhões de dólares.

Analistas, em média, esperam um lucro de 2,83 dólares por ação, sobre receita de 3,03 bilhões de dólares, segundo a Thomson Reuters I/B/E/S.

(Por Maria Ajit Thomas)