7 de Fevereiro de 2014 / às 23:08 / 4 anos atrás

Meninos abandonados e briga de ex-preso e xerife dão largada no Festival de Berlim

Por Michael Roddy e Gareth Jones

BERLIM, 7 Fev (Reuters) - Dois filmes poderosos, um sobre a difícil situação de dois meninos abandonados em Berlim e outro sobre um ex-condenado assombrado por seu violento passado, deram a largada na competição pelo melhor filme no 64º Festival Internacional de Cinema de Berlim.

O filme "Jack", do diretor alemão Edward Berger, tem o ator mirim imensamente convincente Ivo Pietzcker, de 11 anos, em sua primeira atuação, como Jack, e seu loiro irmão mais novo, Manuel, encontrando seu rumo em meio a um labirinto de ruas em Berlim, com sua vida noturna sob influência das drogas.

É a primeira vez desde 2002 que quatro filmes alemães estão na disputa pelo principal prêmio do festival.

O filme "Two Men in Town", do diretor franco-argelino Rachid Bouchareb, tem Forest Whitaker como um homem em liberdade condicional cujo crime, o assassinato de um vice-xerife, não vai ser esquecido pelo xerife interpretado por Harvey Keitel.

A produção tem duas fortes interpretações dos atores em uma briga numa pequena cidade do Estado norte-americano do Novo México.

O festival começou na quinta-feira com a exibição de "The Grand Budapest Hotel", do diretor Wes Anderson. "Jack" e "Two Men in Town" estão entre os 20 filmes na competição pelo Urso de Ouro, que será entregue no fim da semana que vem.

O filme de Berger mostra o garoto mais velho enfrentando o desafio da sobrevivência depois que sua mãe, solteira, o deixa em um abrigo para crianças porque não consegue sustentar os dois.

Jack, alvo de bullying, é quase afogado por seu principal algoz. Ele foge e embarca em uma odisseia com o irmão Manuel para encontrar a mãe em Berlim.

"Isto nem sempre é realidade, mas pode acontecer", disse Berger na entrevista coletiva à imprensa.

Berger disse ter tentado deliberadamente não fazer um filme "especificamente de Berlim" para poder apresentar o problema universal de jovens crescendo em famílias desestruturadas.

"Desde o começo nós decidimos não mostrar clichês", disse Nele Mueller-Stoefen, que fez o roteiro. "Nós a mostramos (a mãe) sendo afetuosa, mas com Jack assumindo responsabilidades, que é algo que acontece frequentemente em uma família."

Em contraste, "Two Men in Town" se passa longe da cidade, na fronteira desértica do Novo México, onde William Garnett tenta refazer a vida depois de 18 anos de prisão, com a ajuda de sua nova fé no islamismo e uma namorada interpretada pela atriz mexicana Dolores Heredia.

Ele também tem o apoio da funcionária mal-humorada encarregada de acompanhar sua condicional, interpretada pela britânica Brenda Blethyn, que tenta afastá-lo do desejo de vingança do xerife, que quer mandá-lo de volta à prisão.

A obra, inspirada por um filme francês de 1973 de mesmo nome, com Alain Delon, explora a interação entre humanidade e regras, imigração - o longo muro na fronteira com o México é uma presença constante - e a busca pela redenção pessoal.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below