Em vídeo, príncipes Charles e William fazem apelo contra tráfico de animais silvestres

domingo, 9 de fevereiro de 2014 16:52 BRST
 

LONDRES, 9 Fev (Reuters) - O príncipe Charles, herdeiro do trono britânico, e seu filho, o príncipe William, fizeram um apelo em vídeo pedindo para que as pessoas ao redor do mundo apoiem os esforços para impedir o comércio ilegal de animais silvestres.

A Grã-Bretanha sediará uma conferência internacional para discutir esta prática, estimada em 9,8 bilhões de dólares ao ano, em 13 de fevereiro em Londres.

No vídeo de 9 minutos, filmado em novembro na casa de Charles e transmitido somente neste domingo, o filho mais velho da rainha Elizabeth afirma que o comércio já atingiu "níveis de matança e violência sem precedentes".

"Trata-se de uma ameaça não apenas para a sobrevivência de algumas das espécies mais preciosas do planeta, mas também para a estabilidade econômica e política em muitas regiões do mundo", ele disse.

O tabloide The Sun, no entanto, afirma que William e seu irmão Harry passaram o fim de semana caçando veados e javalis em uma propriedade privada na Espanha, uma atitude que muitos consideraram inoportuna às vésperas do lançamento da campanha de William e Charles.

Patrono da entidade de proteção aos animais Tusk Trust desde 2005, o príncipe William não é estranho ao mundo da caça esportiva, uma vez que os membros da família real realizam um encontro anual para caça em Norfolk, no sudeste da Inglaterra.

Um dos assessores do príncipe William se recusou a comentar especificamente sobre a viagem à Espanha, mas disse que o príncipe tem sido um "apaixonado defensor dos animais em extinção por muitos anos".

No vídeo, Charles e William falam em árabe, vietnamita, suaíli, espanhol e mandarim na tentativa de espalhar a mensagem para o maior número de pessoas possíveis.

A conferência em Londres, em que Charles deverá discursar, pretende discutir o reforço da aplicação da lei, reduzir a demanda por produtos silvestres ilegais e apoiar o desenvolvimento de modos de vida sustentáveis ​​para as comunidades envolvidas no comércio.

O evento focará especialmente em elefantes, rinocerontes e tigres. Os chifres de rinocerontes valem agora mais do que ouro e platina, sendo que um rinoceronte é morto por um caçador a cada 10 horas.

(Reportagem de Kylie MacLellan)