Integrantes da banda Pussy Riot são detidas em Sochi

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 15:30 BRT
 

Por Mike Collett-White

SOCHI, Rússia, 18 Fev (Reuters) - As integrantes da banda russa Pussy Riot Maria Alyokhina e Nadezhda Tolokonnikova foram detidas nesta terça-feira em Sochi, sede das Olimpíadas de Inverno, em conexão com um roubo, menos de dois meses depois de terem sido anistiadas e libertadas da prisão.

As duas permaneceram por três horas numa delegacia de polícia da região. Elas deixaram o local vestindo roupas de verão e máscaras, acompanhadas de outras mulheres. Algumas fizeram gesto de triunfo e cantaram.

As duas estavam em Sochi com outras integrantes do Pussy Riot para gravar um filme musical chamado "Putin vai te ensinar a amar a pátria".

O presidente Vladimir Putin investiu a sua reputação nos Jogos de Sochi, apostando que as Olimpíadas mostrariam o lado moderno da Rússia.

Alyokhina, de 25 anos, afirmou que ela e as outras mulheres foram interrogadas sem a presença de advogados, e Tolokonnikova declarou que a polícia usou violência durante o interrogatório na delegacia.