Escritora canadense Mavis Gallant morre aos 91 anos

terça-feira, 18 de fevereiro de 2014 18:45 BRT
 

TORONTO, 18 Fev (Reuters) - Mavis Gallant, prestigiada escritora de ficção nascida no Canadá, mas que passou a maior parte de sua vida e carreira em Paris, morreu nesta terça-feira em seu apartamento na capital francesa, informou seu editor.

"Nós estamos profundamente entristecidos com o falecimento de Mavis Gallant hoje (terça-feira)", disse Doug Pepper, da McClelland & Stewart, em um comunicado. "Mavis era uma escritora impressionante, que transformou o formato dos contos de ficção."

Nascida em Montreal, em Québec, em 1922, Mavis trabalhou por um período como jornalista, antes de se mudar para Paris em 1950 para seguir carreira de escritora de ficção. Ela se casou com o músico John Gallant em 1942, mas se divorciou cinco anos depois.

Apesar de fluente em francês, escrevia ficção exclusivamente em inglês.

Como sua conterrânea Alice Munro, o estilo preferido de ficção de Mavis era o conto. Além disso, também como Alice, ela fez sucesso cedo publicando na revista New Yorker.

No total, Mavis produziu dez coleções de contos, além de duas novelas, uma peça e vários ensaios. Sua coleção "Home Truths: Selected Canadian Stories", de 1981, ganhou um dos principais prêmios literários do Canadá, o Prêmio Literário para Ficção, do governador-geral.

(Reportagem de Cameron French)