Com menos público, Lloyd Webber e Rice abreviam temporada de musicais em Londres

quarta-feira, 26 de fevereiro de 2014 20:29 BRT
 

Por Michael Roddy

LONDRES, 26 Fev (Reuters) - Dois dos maiores nomes dos musicais britânicos, Andrew Lloyd Webber e Tim Rice, vão encerrar a temporada de seus últimos espetáculos mais cedo, no fim de março, em um duro golpe para os esforços dos ex-parceiros de fazer sucesso separadamente no West End, em Londres.

O letrista Rice e o compositor Lloyd Webber, que colaboraram em sucessos como "Evita", "Jesus Cristo Superstar" e "Joseph and the Amazing Technicolour Dreamcoat", receberam tanto críticas positivas como negativas para suas últimas produções.

"Stephen Ward", de Lloyd Weber, cujo nome tem origem em um osteopata que foi figura central no caso Profumo, um escândalo sexual na Grã-Bretanha dos anos 1960, estava com apenas metade da casa cheia no mês passado, de acordo com informações divulgadas na mídia. Vai encerrar sua temporada em 29 de março, depois de apenas quatro meses, de acordo com um comunicado divulgado nesta quarta-feira pelo seu produtor.

No mesmo dia, "From Here to Eternity", de Rice, baseada em uma novela de James Jones, de 1951, sobre a vida em uma base militar no Havaí no período que antecedeu o ataque japonês a Pearl Harbour, em 1941, também vai terminar, depois de cinco meses em cartaz.

"Acho que o West End está mandando uma mensagem muito clara, um tipo cínico de mensagem sobre busca voraz por dinheiro, para Tim Rice e Lloyd Webber, de que é hora de esses dois isolados se unirem novamente", disse à Reuters o crítico de teatro Tim Walker, do Sunday Telegraph.