Cópias de "Mein Kampf" assinadas por Hitler vão a leilão

quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014 20:25 BRT
 

LOS ANGELES, 27 Fev (Reuters) - Cópias do livro-manifesto "Mein Kampf" (Minha Luta), do líder nazista alemão Adolf Hitler, assinadas por ele, irão a leilão nesta quinta-feira em Los Angeles, informou a casa de leilões Nate D. Sanders.

As cópias autografadas da obra de dois volumes recheada de antissemitismo estão inscritas como presente de Natal para Josef Bauer, um oficial nas forças paramilitares alemãs SS durante a Segunda Guerra Mundial e participante do fracassado golpe de Hitler em Munique, em 1923.

As ofertas no leilão on-line para os livros começam com 20.000 dólares e a expectativa é de que cheguem a 25.000 na sua conclusão, por volta de 22h desta quinta-feira em Los Angeles (0h no horário de Brasília), disseram os leiloeiros.

Os livros de Bauer arrecadaram 25.000 dólares numa venda na casa de leilões Bonhams em Londres, em 2012.

Nos dois volumes, Hitler apresenta sua visão de uma Alemanha reerguida depois da Primeira Guerra Mundial, bem como sua ideologia política racista do Nacional Socialismo.

Nate D. Sanders, que é judeu, disse que a casa de leilões não se recusa a vender objetos ligados a algumas das figuras mais desprezíveis da história.

"Acho que é bem hediondo", disse Sanders, "mas é um item de leilão, é um objeto de lembrança, uma peça de memorabilia, e uma peça da história".

Ao contrário de insígnias nazistas, e também alguns filmes e canções nazistas, "Mein Kampf" não está banido na Alemanha. Seus direitos de reprodução em alemão pertencem ao Estado da Baviera desde o fim da Segunda Guerra Mundial, que proíbe sua impressão e venda.

(Reportagem de John Russell e Eric Kelsey)