Céu cinzento não intimida Rihanna na Paris Fashion Week

sexta-feira, 28 de fevereiro de 2014 18:00 BRT
 

Por Alexandria Sage

PARIS, 28 Fev (Reuters) - O céu chuvoso não impediu os fashionistas de se reunirem esta semana em Paris, com a cantora Rihanna como destaque desta temporada na primeira fila, em desfiles que exibiram coleções prêt-à-porter Outono/Inverno com a promessa de visuais do tempo frio para esquentar o mais gelado dos corações.

Enquanto o inverno se recusava a se despedir da Cidade das Luzes, o estilista-chefe da Dior, Raf Simons, ressuscitou sua "mulher-flor" nesta sexta-feira, desta vez recobrindo-a em terninhos de abotoamento duplo com laços brancos até os lados.

Esse toque de quarto de dormir ficou distante, porém, nos vestidos e saias fluidos e volumosos que encerraram o desfile -- a menos que Simons estivesse imaginando um saco de dormir da alta costura.

Ainda assim, as audaciosas combinações de cores e tecidos, como verde esmeralda e fúcsia, mantiveram alvoroçados os fãs da Casa Dior, e Rihanna, que bebeu champanhe na primeira fileira da Lanvin na noite anterior, escapou até os bastidores para trocar ideias com Simons.

A moda prét-à-porter é um negócio mundial que movimenta 85 bilhões de euros (116 bilhões de dólares), de acordo com o Euromonitor, e a Semana de Moda de Paris, que começou na terça-feira e vai até o dia 3 de março, é uma grande arma de propaganda para as marcas.

Rihanna, uma das celebridades nos desfiles que também contaram com a presença da modelo Miranda Kerr e da atriz Jessica Alba, entre outras, não deixou que o clima gelado a abalasse.

Em uma festa depois do desfile da Lanvin, a popstar de "Umbrella" apareceu com uma blusa transparente, tipo arrastão, sem sutiã, e no dia do desfile da Dior ela usou um casaco vermelho, vestido curto e meias pretas de liga.

Apesar de Rihanna ter optado por deixar o corpo à mostra, o tempo gelado do lado de fora pareceu ter se refletido nas apresentações, com Gisele Bündchen encerrando o desfile de Balenciaga com uma roupa que era em parte um suéter cinza de lã e em parte uma blusa acetinada preta.

A atmosfera dos chalés de esqui deu o tom na coleção de diretor artístico Alexander Wang, que usou zíperes, bainhas de couro e tecidos perfurados para dar um toque de sportswear nas silhuetas da ultra- moderna casa de alta costura.