Astro da música jamaicana Vybz Kartel é condenado à prisão perpétua por assassinato

quinta-feira, 3 de abril de 2014 18:42 BRT
 

KINGSTON, 3 Abr (Reuters) - O astro internacional do dancehall-reggae jamaicano Vybz Kartel foi sentenciado à prisão perpétua nesta quinta-feira depois de ter sido condenado no mês passado por assassinato.

Kartel, de 38 anos, que também é conhecido como "World Boss" (Chefão Mundial), foi a julgamento pelo assassinato de um de seus antigos sócios, Clive Williams, popularmente conhecido como "Lagarto".

Williams foi assassinado em agosto de 2011 depois que uma negociação comercial não deu certo, disseram os promotores.

A Jamaica é conhecida internacionalmente como o berço do reggae e o seu artista mais famoso, o lendário Bob Marley, é um herói nacional.

O dancehall é uma ramificação mais recente do reggae, embora os críticos acusem o gênero de ter letras violentas, misóginas e homofóbicas. O estilo ganhou destaque na década de 1990 e continua muito popular na ilha.

Kartel, cujo nome verdadeiro é Adidja Palmer, não terá direito à liberdade condicional durante 35 anos, de acordo com a sentença proferida pelo juiz Lennox Campbell, da Corte Suprema.

Outros três envolvidos no crime também receberam prisão perpétua. Os advogados de defesa disseram que irão recorrer da sentença.

(Reportagem de Horace Helps)