Ator Mickey Rooney, astro de Hollywood nos anos 1930 e 1940, morre aos 93

segunda-feira, 7 de abril de 2014 12:09 BRT
 

Por Bill Trott

7 Abr (Reuters) - O ator Mickey Rooney, que se tornou um dos maiores astros do cinema norte-americano ainda na adolescência, na década de 1930, lançando-se em uma carreira versátil que abrangeu dez décadas, morreu no domingo, aos 93 anos, segundo autoridades de Los Angeles.

Rooney, que tinha reputação de ser farrista e se casou oito vezes, morreu de causas naturais em casa, na localidade de Studio City, segundo informações da polícia de Los Angeles ao IML local.

Representantes do ator não foram imediatamente localizados para comentar.

"Ele era sem dúvida oi mais talentoso ator que já viveu. Não havia nada que ele não pudesse fazer", disse a atriz Margaret O'Brien em nota.

Ela contou que em 2006 contracenou com ele no filme "O Médico e o Monstro", e que Rooney estava "ótimo como sempre" nas filmagens.

Rooney foi artista praticamente a partir do dia em que nasceu, em 23 de setembro de 1920, em Nova York. Seus pais tinham um teatro de vaudeville, e Joe Jr., como era conhecido, passou a integrar o elenco antes de completar 2 anos, vestindo smoking.

Depois começou a dançar e contar piadas no palco, e estreou no cinema, fumando charuto, no curta "Not to Be Trusted".

Quando seus pais se separaram, ele mudou com a mãe para a Califórnia, onde ela o direcionou para o cinema. Tinha cerca de 7 anos ao ser escalado para o papel principal de "Mickey McGuire", série de curtas-metragens produzidos entre 1927 e 1934. Só após largar esse personagem ele assumiu o nome de Rooney, para encarnar outros papéis.

Rooney --que na idade adulta chegou a apenas 1,60 metro de altura-- foi um adolescente mirrado e cheio de energia, o que o ajudou a ser escalado para viver o esbugalhado Andy Hardy numa série muito popular nos cinemas no final da década de 1930.

 
Ator Mickey Rooney ao chegar no relançamento de uma cópia remasterizada do filme "A Morte do Caixeiro Viajante", em Los Angeles. Rooney, que se tornou um dos maiores astros do cinema norte-americano ainda na adolescência, na década de 1930, lançando-se em uma carreira versátil que abrangeu dez décadas, morreu no domingo, aos 93 anos, segundo autoridades de Los Angeles. 9/09/2013. REUTERS/Gus Ruelas