Escritor Gabriel García Márquez deixa o hospital após infecção

quarta-feira, 9 de abril de 2014 09:55 BRT
 

CIDADE DO MÉXICO, 9 Abr (Reuters) - O escritor colombiano Gabriel García Márquez, Prêmio Nobel de Literatura, deixou na terça-feira um hospital da Cidade do México onde estava internado há pouco mais de uma semana por causa uma infecção pulmonar e das vias urinárias.

García Márquez, de 87 anos, foi levado de ambulância para sua casa, em um luxuoso bairro da zona sul da capital, onde funcionários do hospital disseram que ele continuará o processo de recuperação.

"Seu estado delicado é compatível com a sua idade, e ele vai se recuperar em casa", disse um breve boletim assinado por Jaqueline Pineda, porta-voz do Instituto Nacional de Nutrição, onde ele foi internado em 31 de março.

Imagens de TV mostraram uma ambulância chegando à casa do laureado escritor, que saiu do veículo numa maca, acompanhado por uma enfermeira. Não era possível ver o rosto dele.

García Márquez, que revolucionou as letras hispânicas, dando dimensão universal ao realismo mágico, ganhou o Nobel de Literatura em 1982.

Gabo, como é conhecido, é um dos literatos mais famosos, prolíficos e queridos da América Latina, região que retratou com um estilo singular, fundindo o cotidiano com o irreal.

Sua obra-prima, "Cem Anos de Solidão", publicada em 1967, foi traduzida para dezenas de idiomas e é estudada em universidades do mundo todo, por ser um dos pilares do realismo mágico.

(Por Noé Torres)