Mulher de Mickey Rooney briga com tutor por restos mortais do ator

quarta-feira, 9 de abril de 2014 19:16 BRT
 

LOS ANGELES, 9 Abr (Reuters) - A mulher do ator Mickey Rooney, de quem ele estava separado, e o tutor dele estão envolvidos em uma disputa judicial pelos restos mortais do falecido astro de Hollywood, que apenas deixou um patrimônio de 18.000 dólares, de acordo com documentos judiciais.

O juiz James Steele, da Corte Superior do Condado de Los Angeles, vai decidir em uma audiência na sexta-feira se os restos mortais de Rooney serão liberados do necrotério para sua mulher, Janice Rooney, ou para o seu tutor.

O versátil ator, um dos maiores astros de Hollywood na década de 1930, morreu aos 93 anos no domingo de causas naturais. Ele deserdou a mulher e todos os filhos em um testamento datado de 11 de março e deixou seus bens para o enteado Mark Rooney que, com a mulher, cuidavam de Rooney.

O tutor de Rooney, Michael Augustine, conseguiu na terça-feira uma ordem judicial para impedir Janice Rooney de remover os restos do ator de um necrotério em Glendale, na Califórnia.

Augustine disse que Rooney queria ser enterrado no Hollywood Forever Cemetery, em Los Angeles, onde muitos atores de Hollywood estão sepultados, ou em um cemitério para os veteranos norte-americanos. Rooney serviu o Exército como artista durante a Segunda Guerra Mundial. Ele também tinha um jazigo no Westlake Village Califórnia.

"Nós achamos que vamos ser capazes de fazer um acordo, um acordo entre mim e ela", disse Augustine.

O advogado de Janice Rooney não estava imediatamente disponível para comentar.

(Reportagem de Eric Kelsey)