Oito acrobatas de circo seguem hospitalizados após acidente nos EUA

segunda-feira, 5 de maio de 2014 11:35 BRT
 

5 Mai (Reuters) - Oito acrobatas de circo foram hospitalizados nesta segunda-feira, incluindo duas garotas em estado grave, um dia após o equipamento em que estavam penduradas quebrar durante uma apresentação em Providence, Rhode Island, ferindo gravemente as artistas e chocando o público.

Além das duas pessoas em estado crítico, três estavam em estado grave, e três outras estáveis, de acordo com um porta-voz do Rhode Island Hospital, para onde as acrobatas foram levadas após o equipamento em que estavam penduradas pelos cabelos quebrar durante uma performance do Ringling Bros and Barnum & Bailey Circus.

Autoridades da área de segurança ocupacional estavam investigando nesta segunda-feira a causa da queda, disse um porta-voz.

A Feld Entertainment, a empresa que produziu o show, cancelou apresentações agendadas para esta segunda-feira.

Outras produções da companhia incluem Disney On Ice, corridas de moto off-road e shows com caminhões.

Em 2011, a Feld Entertainment teve de pagar 270 mil dólares após ser acusada pelo Ministério da Agricultura de maus-tratos aos animais do Ringling.

A Sociedade Americana para a Prevenção da Crueldade contra Animais concordou em 2012 em pagar 9,3 milhões de dólares à Feld Entertainment em um acordo relacionado a uma ação movida pela empresa em resposta às acusações de maus-tratos a elefantes feitas contra o circo.