Capitão uruguaio Godín destaca evolução do Brasil após chegada de Tite

segunda-feira, 20 de março de 2017 17:16 BRT
 

MONTEVIDÉU (Reuters) - O capitão da seleção do Uruguai, Diego Godín, disse nesta segunda-feira que jogar contra o Brasil, líder das eliminatórias, "é um plus" e destacou o crescimento da seleção brasileira após a troca de treinador.

O zagueiro do Atlético de Madri afirmou a repórteres que a equipe celeste está pronta para enfrentar o Brasil sem o atacante Luis Suárez e o goleiro Fernando Muslera, suspensos por cartões amarelos.

"Jogar contra o Brasil é um plus diferente. É uma equipe que teve um crescimento significativo com a mudança de treinador", disse Godín ao chegar a Montevidéu, às vésperas do primeiro treinamento com o técnico Oscar Tabárez.

Tite substituiu Dunga na metade do ano passado, deixando para trás o mau desempenho na Copa América do Centenário e também nas eliminatórias.

O defensor José Giménez, também do Atlético de Madri, juntou-se a Godín nos elogios e reconheceu que "o Brasil vai ser um jogo muito difícil, tentaremos neutralizar o jogo deles".

O Brasil lidera as eliminatórias sul-americanas para a Copa do Mundo de 2018, com 27 pontos, seguido pelo Uruguai, com 23 pontos.

(Reportagem de Malena Castaldi)

Zagueiro Diego Godín, do Atlético de Madri e da seleção do Uruguai, durante entrevista coletiva em Madri
14/03/2017 REUTERS/Juan Medina