Apple deve anunciar laptop leve e locação online de filmes

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008 10:18 BRST
 

Por Scott Hillis

SAN FRANCISCO (Reuters) - Enquanto a Consumer Electronics Show se encerra em Las Vegas em meio a críticas nada entusiásticas quanto aos lançamentos, a Apple deve conquistar a atenção do mercado com um laptop extremamente fino e um serviço de locação online de filmes, em sua maior convenção anual, esta semana.

Os novos produtos são vistos como um reforço das ofertas atuais da empresa, e não como lançamentos inovadores semelhantes à maior atração do evento do ano passado, o iPhone. A convenção MacWorld, que começa na semana que vem em San Francisco, é a ocasião preferida de Steve Jobs, presidente-executivo da Apple, para lançar novos produtos e mapear o curso que a empresa tomará ao longo do ano.

Seus pronunciamentos em tom de espetáculo também vêm cada vez mais ditando o rumo para os setores de eletrônica e computação, e nos últimos anos receberam mais destaque do que os eventos da CES, que acontece em Las Vegas mais ou menos na mesma época.

A Apple não está dando indicações quanto ao que será oferecido, de modo que adivinhar o que Jobs guarda na manga se tornou um dos passatempos favoritos dos analistas e executivos do setor.

Os analistas esperam um laptop com metade da espessura da linha MacBook anual, e usando chips de memória Flash como os empregados nos players de música iPod, em lugar de um risco rígido. "A energia parece girar em torno de um laptop em formato menor", disse Charles Golvin, analista do grupo de pesquisa de mercado Forrester.

Os notebooks vêm sendo um dos mais fortes segmentos da Apple. Em seu quarto trimestre fiscal, encerrado em setembro, a empresa vendeu 1,34 milhão de laptops MacBook e MacBook Pro, 37 por cento acima do total do período um ano antes.

"O que imagino poderemos ver da Apple seria algo mais reconhecível como um aparelho MacBook, um derivativo de um laptop ou tablet computer, e não algo de novo que fique em posição intermediária entre o laptop e o celular", disse Golvin.

Muita gente também acredita que Jobs anunciará um serviço que permitirá que usuários aluguem filmes dos estúdios Foxs, Warner Bros. e outros pela loja online iTunes, uma iniciativa que poderia abalar o mercado norte-americano de locação de vídeo, que movimenta 9 bilhões de dólares ao ano.