Microsoft reforma sua equipe de Web antes do Yahoo

sexta-feira, 15 de fevereiro de 2008 10:14 BRST
 

Por Daisuke Wakabayashi

SEATTLE (Reuters) - A Microsoft anunciou uma reformulação dos quadros executivos de sua deficitária divisão online, na quinta-feira, entregando um cargo vital a um profissional vindo de fora da empresa, antes da possível fusão com o Yahoo .

Brian McAndrews, antigo presidente-executivo da aQuantive, uma empresa de publicidade digital adquirida pela Microsoft no ano passado, assumirá maiores responsabilidades na divisão de serviços online do grupo, entre as quais boa parte das funções do presidente da divisão, Steve Berkowitz, que deixará a empresa em agosto, anunciou o grupo em comunicado.

Embora a empresa tenha também promovido dois outros executivos a posto de comando na divisão, a reestruturação sugere para alguns que McAndrews, 47, provavelmente ocuparia um posto de comando na combinação entre a Microsoft e o Yahoo, caso este aceite a oferta de 41,8 bilhões de dólares apresentada pela Microsoft.

"Se alguém é capaz de resolver os problemas do serviço online da Microsoft, é McAndrews", disse Matt Rosoff, analista da Directions on Microsoft, uma empresa independente. "Ele é a pessoa que tem mais experiência em publicidade, e a empresa dependerá pesadamente de seu trabalho."

Um porta-voz da Microsoft afirmou que as mudanças não estão relacionadas às negociações com o Yahoo, apontando que sete outros executivos também forma promovidos a vice-presidências.

McAndrews, antigo executivo da rede de televisão ABC, deve desempenhar papel central na integração da plataforma de publicidade Yahoo à da Microsoft, e na criação de uma potência na publicidade online que consiga concorrer com o Google .

Ele comandou a aQuantive por sete anos, desenvolvendo relacionamentos com agências de publicidade, anunciantes e empresas de Internet.

O Yahoo rejeitou a oferta não solicitada da Microsoft, alegando que ela subestima o valor da empresa. A Microsoft alega que a oferta é "completa e justa," mas os analistas esperam que ela eleve o preço para garantir o negócio.

(Editing by Leslie Gevirtz, Gary Hill)