9 de Fevereiro de 2008 / às 19:19 / 10 anos atrás

Ônibus Atlantis chega à Estação Espacial Internacional

Por Irene Klotz

HOUSTON, Estados Unidos (Reuters) - O ônibus espacial norte-americano Atlantis atracou na Estação Espacial Internacional no sábado, com a missão de transportar a primeira unidade de pesquisa espacial da Europa.

O Atlantis atracou na estação a mais de 320 quilômetros de distância da Terra, depois de uma jornada orbital de dois dias, começando pelo lançamento no Estado da Flórida.

O Atlantis está transportando sete astronautas e o laboratório Columbus, da Agência Espacial Européia, de 1,9 bilhões de dólares. O laboratório será anexado à estação no domingo em uma caminhada espacial liderada pelo astronauta alemão Hans Schlegel.

Os astronautas do ônibus espacial e da estação têm de garantir que as duas naves estejam conectadas hermeticamente antes que as escotilhas sejam abertas e as duas tripulações iniciem a missão, que vai durar uma semana.

Antes de atracar, o comandante do Atlantis, Stephen Frick, delicadamente manobrou sua nave em um giro de 360 graus, de forma que a comandante da estação espacial, Peggy Whitson, e sua tripulação pudessem fotografar o escudo de isolamento térmico sob a Atlantis.

Ele fez uma pausa mais longa do que o planejado, a fim de permitir a visualização de um pequeno rasgo em um revestimento térmico em um dos motores de manobra do ônibus espacial.

A imagem será analisada por cientistas na base da Nasa em Houston, para determinar se o dano ocorreu durante a entrada em órbita do Atlantis na quinta-feira.

As inspeções são parte dos novos procedimentos de segurança da Nasa, que visam prevenir outro desastre como o acidente do Columbia, em 2003, em que uma peça do isolamento térmico caiu e danificou a nave durante seu lançamento. O dano causou a desintegração do ônibus espacial durante a reentrada na atmosfera da Terra, matando os sete astronautas a bordo.

Os astronautas do Atlantis avistaram a estação quando estavam a 65 quilômetros dela.

“Se a estação está na direção do nariz do ônibus, fica extremamente brilhante”, disse Frick pelo rádio.

“Estávamos imaginando se seriam as velinhas do bolo de aniversário de Peggy”, brincou o comunicador de vôo Kevin Ford, do Controle da Missão, em Houston. Whitson comemorou seu aniversário de 48 anos no sábado.

Whitson e o engenheiro de vôo russo Yuri Malenchenko estão na estação espacial há quatro meses e ainda têm mais dois meses de missão, quando serão substituídos pelos outros astronautas da nave russa Soyuz, em abril.

O terceiro tripulante da estação espacial, Dan Tani, voltará à Terra com a Atlantis. O astronauta francês Leopold Eyharts, que chegou no ônibus espacial, tomará seu lugar.

A Nasa tem mais 11 missões de construção e suprimentos planejadas para a finalização da estação antes de encerrar as operações de sua atual frota, em 2010. O órgão espacial também pretende enviar uma missão de serviço ao Telescópio Espacial Hubble em agosto ou setembro.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below