27 de Junho de 2008 / às 23:07 / em 9 anos

Com lágrimas nos olhos, Bill Gates se despede da Microsoft

Por Daisuke Wakabayashi

REDMOND, Estados Unidos (Reuters) - Bill Gates despediu-se na sexta-feira da Microsoft, a fabricante de softwares que ele transformou na empresa de tecnologia mais rica do mundo valendo-se da ambiciosa meta de colocar sobre todas as mesas e em todas os lares um computador pessoal.

Gates deixa a Microsoft, que fundou junto com seu amigo de infância Paul Allen em 1975, para dedicar-se a sua entidade filantrópica, a Fundação Bill & Melinda Gates, a maior organização do tipo no mundo, custeada em parte pela imensa fortuna dele.

Em um evento com funcionários da Microsoft realizado no cinematográfico quartel-general da empresa, em Redmond (Washington), Gates subiu ao palco ao lado do diretor-executivo da empresa, Steve Ballmer, a fim de pronunciar um breve discurso e responder perguntas dos presentes.

“Não haverá um único dia na minha vida em que não estarei pensando sobre a Microsoft, sobre as grandes coisas que estamos fazendo e que desejamos fazer”, afirmou Gates, que enxugou algumas lágrimas quando um grupo de funcionários levantou-se para aplaudi-lo de pé.

Ballmer, um colega de sala de aula na Universidade Harvard que se juntou à Microsoft a convite de Gates, ficou emocionado ao descrever o impacto de Gates sobre a empresa e sobre a sociedade de um modo em geral.

“Não há uma forma de agradecer ao Bill. O Bill é o fundador. O Bill é o líder”, afirmou Ballmer. “Este é o bebê do Bill.”

Gates deixa para trás a vida dedicada ao desenvolvimento de softwares para voltar suas energias ao descobrimento de novas vacinas ou a projetos de microfinanças no mundo em desenvolvimento. Ele continuará a ser presidente da Microsoft e a trabalhar em projetos especiais de tecnologia.

Ballmer falou sobre como pensou em abandonar o emprego um mês depois de ter ingressado na Microsoft. Gates implorou-lhe veementemente que ficasse e apresentou-lhe o que imaginava ser o futuro da empresa.

“Foi isto o que o Bill me disse: ‘Você não está entendendo. Você não está entendendo. Vamos colocar um computador sobre todas as mesas e em todos os lares”, afirmou Ballmer.

Atualmente, há mais de 1 bilhão de PCs no mundo todo, segundo a empresa de pesquisa de mercado IDC.

Tido no passado como o homem mais rico do mundo, a fortuna pessoal de Gates é avaliada em cerca de 58 bilhões de dólares, segundo a revista Forbes. O presidente da Microsoft caiu para o terceiro lugar, ficando atrás do investidor Warren Buffet, amigo dele, e do magnata mexicano dos meios de comunicação Carlos Slim.

0 : 0
  • narrow-browser-and-phone
  • medium-browser-and-portrait-tablet
  • landscape-tablet
  • medium-wide-browser
  • wide-browser-and-larger
  • medium-browser-and-landscape-tablet
  • medium-wide-browser-and-larger
  • above-phone
  • portrait-tablet-and-above
  • above-portrait-tablet
  • landscape-tablet-and-above
  • landscape-tablet-and-medium-wide-browser
  • portrait-tablet-and-below
  • landscape-tablet-and-below