Com BlackBerry Bold, RIM quer usuário de negócios e o varejo

segunda-feira, 12 de maio de 2008 12:54 BRT
 

Por Wojtek Dabrowski

TORONTO (Reuters) - A Research in Motion vai lançar uma nova versão do smartphone BlackBerry dirigida à sua base de usuários empresariais, mas a esperança da empresa é que o esguio aparelho também se torne sucesso no mercado de varejo, que é mais amplo.

O BlackBerry Bold é o primeiro modelo da família a funcionar em redes de telefonia móvel de alta velocidade HSDPA (terceira geração do GSM), e vem com GPS, Wi-Fi e diversos recursos multimídia incorporados. "É realmente um passo adiante em termos da funcionalidade de muitos aspectos essenciais do sistema", disse Jim Balsillie, co-presidente executivo da RIM, em entrevista.

O celular inteligente terá lançamento mundial no terceiro trimestre, a um preço entre 300 e 400 dólares. A AT&T será a principal operadora a oferecê-lo nos Estados Unidos.

Embora a RIM espere que o Bold convença usuários empresariais a substituir seus aparelhos por uma versão mais nova, Balsillie afirmou que não se sentiria surpreso "se o modelo ganhar popularidade entre os consumidores".

O aparelho servirá como teste quanto aos efeitos da crise econômica dos EUA sobre a disposição das empresas em investir em novos equipamentos. Alguns analistas expressaram preocupação com a possibilidade de que as empresas retardem suas atualizações ou reduzam seus gastos em itens como o BlackBerry.

A RIM ajudou a negar essas expectativas desfavoráveis ao anunciar lucro superior ao esperado em seu quarto trimestre fiscal, bem como perspectivas mais robustas.

Segundo a empresa, o Bold apresenta a tela mais vívida já vista em um BlackBerry, uma câmera de dois megapixels com capacidade de vídeo e um player de mídia que permite assistir a filmes e administrar coleções de música.

Essa não é a primeira vez que um BlackBerry repleto de recursos multimídia está sendo lançado para tentar atrair clientes de varejo. A RIM vem trabalhando ativamente para diversificar sua base de clientes para além dos executivos, advogados e outros profissionais liberais que empregam o BlackBerry para o envio de mensagens seguras de e-mail.