Nasa cogita prorrogar missão e alterar saída ao espaço

segunda-feira, 29 de outubro de 2007 20:07 BRST
 

Por Jeff Franks

HOUSTON (Reuters) - A Nasa disse na segunda-feira que pode prorrogar em um dia a permanência do ônibus Discovery junto à Estação Espacial Internacional, para que os astronautas possam inspecionar possíveis defeitos nos painéis de energia solar do complexo orbital.

Um defeito numa junta de um dos painéis, item essencial no sistema de captação de energia solar, pode adiar a conclusão das obras da estação.

O gerente da Nasa para a estação, Mike Suffredini, disse que o mecanismo circular de 3 metros de diâmetro será examinado na caminhada espacial de quinta-feira, originalmente destinada a testar uma técnica de reparo do escudo térmico do complexo.

Um dia extra seria acrescido para que os astronautas pudessem descansar antes da quinta e última saída, no sábado, disse ele. As mudanças ainda precisam ser aprovadas pela cúpula da Nasa, disse Suffredini a jornalistas no Centro Espacial Johnson, em Houston.

A junta, instalada em junho, serve para girar os painéis de energia na direção do sol. Na saída de domingo, o astronauta Daniel Tani achou aparas de metal dentro da peça, indicando um desgaste excessivo sobre as partes móveis.

Suffredini disse que os astronautas Scott Parazynski e Douglas Wheelock vão documentar atentamente os danos para ajudar a Nasa a entender suas causas.

Ele disse que dificilmente a junta poderá ser consertada antes da partida do Discovery, que agora ficaria remarcada para o dia 5, com pouso previsto na Terra dois dias depois.

Mas Suffredini disse estar confiante em que o problema possa ser resolvido. "Não acho que não seja algo de que não possamos nos recuperar", afirmou.   Continuação...