Telas LED prometem laptops mais nítidos e finos

quinta-feira, 5 de junho de 2008 16:08 BRT
 

Por Baker Li

TAIPEI (Reuters) - Uma nova tecnologia para telas que promete imagens mais nítidas e vívidas, duração maior de baterias e design mais fino promete se tornar o padrão no mercado de laptops, reanimando o setor de computadores pessoais.

Uma nova safra de laptops esguios e de design elegante, portando telas com diodos emissores de luz (LED), estava em exibição na feira de informática Computex, em Taiwan, esta semana, com o emprego de uma tecnologia antes limitada a aparelhos menores, como brinquedos, players de música e celulares.

Com apenas 1,8 centímetro de espessura e tamanho pequeno o bastante para caber em um envelope comercial comum, o Macbook Air, dotado de tela LED, foi recentemente lançado pela Apple .

A tela permite que o computador seja mais leve do que os equipados com a tecnologia convencional de telas usada até agora nos computadores portáteis, a de lâmpadas catódicas fluorescentes frias, ou CCFL. Além disso as telas LED apresentam menor consumo de energia.

"O ponto de venda este ano está muito, muito claro, e gira em torno de máquinas muito leves e com excelente brilho", disse Neo Lin, gerente de produto da Micro-Star International (MSI), de Taiwan, durante a segunda maior feira mundial de computadores.

"E não esqueçam que o caminho da ecologia leva ao dinheiro, agora", ele acrescentou.

Em seu estande, a MSI apresentou o notebook "Wind", com peso de cerca de um quilo e tela LED de 10 polegadas, bem como design arrojado em seu revestimento, para atrair os consumidores que se preocupam mais com design.

Dell, Sony, Acer e Lenovo também vêem o LED como tecnologia do futuro, e têm lançado laptops mais e mais esguios, equipados com telas LED.

Os fabricantes de computadores, cada vez mais preocupados em atender às demandas dos consumidores por produtos menos daninhos ao meio ambiente, apontam para os benefícios dessas telas.

Tipicamente, elas consomem 20 por cento menos energia, o que prolonga a duração das baterias. Além disso, elas não contêm mercúrio, um produto que representa ameaça para o meio ambiente.