Nasa adia tentativa de conserto de painel solar danificado

quarta-feira, 31 de outubro de 2007 18:16 BRST
 

Por Jeff Franks

HOUSTON (Reuters) - Às voltas com dois problemas graves na construção da Estação Espacial Internacional, a Nasa adiou pelo menos até sexta-feira uma importante saída em que astronautas tentariam consertar um painel de energia solar danificado.

A caminhada espacial que estava prevista para quinta-feira inicialmente serviria para inspecionar uma junta defeituosa que serve para girar outro painel de energia solar na direção do Sol. Mas na quarta-feira o centro de controle da missão avisou aos astronautas que os planos haviam mudado.

"Vamos apostar (em fazer a caminhada) no dia 11 do vôo (sexta-feira), e se realizarmos isso o conteúdo disso será o negócio da asa do equipamento solar", disse ele aos dez astronautas do ônibus Discovery e da Estação Espacial.

A repentina mudança de planos revela a incerteza da Nasa sobre como lidar com os problemas simultâneos, que obriga a agência a travar três enormes equipamentos de energia solar, para evitar mais danos e para manter a estabilidade da estação.

A missão até então tranquila se complicou no domingo, quando aparas de metal foram achadas na junta de 3 metros que gira um dos painéis.

Os astronautas Scott Parazynski e Douglas Wheelock deveriam examinar a peça mais detalhadamente na quinta-feira e eventualmente consertá-la. Mas na terça-feira um outro painel solar sofreu um rasgo de 75 centímetros quando era aberto, e o gerente do programa da estação, Mike Suffredini, disse então que preferia que os astronautas cuidassem disso.

A Nasa não sabe o que provocou os problemas nem se haverá conserto possível.

A comandante do ônibus Discovery, Pamela Melroy, disse na quarta-feira a jornalistas que a luz do sol estava prejudicando a visão dos astronautas que monitoravam por vídeo o processo de abertura do painel solar rasgado, como a vela de um barco, e por isso não viram o estrago acontecendo.   Continuação...