RIM é a grande vencedora no mercado de celulares inteligentes

segunda-feira, 8 de setembro de 2008 11:30 BRT
 

Por Tarmo Virki

HELSINKI (Reuters) - A RIM, fabricante do Blackberry, foi a maior vencedora no desacelerado mercado de celulares inteligentes no segundo trimestre, e praticamente dobrou a participação que detinha no período no ano passado, para 17,4 por cento, de acordo com o grupo de pesquisa Gartner na segunda-feira.

O mercado continua sob o domínio da finlandesa Nokia, que vendeu 15,3 milhões de celulares com capacidades como e-mail e navegação, o que lhe dá uma participação de 47,5 por cento. Mas isso representa queda ante os 50,8 por cento do período um ano atrás, devido à intensificação da competição no mercado de celulares inteligentes.

"A RIM continuou a executar bem ao nível do consumidor, ampliando seu alcance no mercado mundial", afirmou Roberta Cozza, analista da Gartner, em comunicado.

A Research in Motion (RIM) vendeu 5,6 milhões de celulares inteligentes entre abril e junho, ante 2,5 milhões no ano anterior, ao encontrar clientes além de seu mercado principal, o de usuários empresariais.

"No segundo semestre, a empresa deve lançar novos celulares inteligentes com projeto inovador... o que é necessário para acompanhar a concorrência junto aos consumidores", ela afirmou.

A Gartner afirmou que a Nokia precisa introduzir mais variações de design em sua série N de celulares multimídia, para se manter em vantagem. A empresa realizou apenas mudanças modestas na N-series este ano, até agora, e muitos analistas antecipam que venha a perder mercado no segmento de celulares inteligentes, nos próximos trimestres.

O Credit Suisse anunciou projeção de queda da participação da Nokia no mercado de celulares inteligentes a 41,6 por cento em 2009, o que prejudicará as margens da empresa.

"Em prazo mais longo, precisamos manter nossas preocupações quanto à fatia de mercado nos celulares inteligentes, diante de novos produtos concorrentes oferecidos por RIM, Apple e HTC (High Tech Computer)", afirmou o analista Kullbinder Karcha, do Credit Suisse, em nota de pesquisa.

A Gartner informou que o crescimento de vendas dos celulares inteligentes havia se reduzido a 15,7 por cento, quase a metade do registrado no primeiro trimestre.

 
<p>O novo BlackBerry 9000, conhecido como BlackBerry Bold, &eacute; visto durante sess&atilde;o de fotos da Research in Motion (RIM), dia 12 de maio, 2008. A RIM, fabricante do Blackberry, foi a maior vencedora no desacelerado mercado de celulares inteligentes no segundo trimestre, e praticamente dobrou a participa&ccedil;&atilde;o que detinha no per&iacute;odo no ano passado. Photo by Reuters (Handout)</p>