Ônibus Atlantis é lançado com laboratório europeu a bordo

quinta-feira, 7 de fevereiro de 2008 18:57 BRST
 

Por Irene Klotz

CABO CANAVERAL, Estados Unidos (Reuters) - O ônibus espacial Atlantis decolou na quinta-feira da Flórida com a missão de entregar um laboratório europeu permanente para a Estação Espacial Internacional.

A chuva e as nuvens nos arredores do Centro Espacial Kennedy ameaçavam adiar a decolagem, mas afinal não impediram que a nave decolasse, às 14h45 (17h45 em Brasília). Oito minutos depois, o Atlantis já estava em órbita.

A Europa tentava desde 2002 levar ao espaço o seu laboratório Columbus, que custou 1,9 bilhão de dólares. O adiamento ocorreu inicialmente por causa de problemas no envio, pela Rússia, de um módulo de serviço da estação, e depois por causa do acidente de 2003 com o ônibus Columbia, que manteve a frota norte-americana parada por um ano e meio.

Esta missão do Atlantis também havia sido adiada duas vezes desde dezembro por causa de problemas num sistema que corta os motores em caso de emergência.

Com 7 metros de altura e 4,5 de diâmetro, o Columbus, de formato cilíndrico, tem espaço para que três tripulantes trabalhem em experiências. Ele já embarca com um laboratório de biologia, para o estudo de células e tecidos, e com uma experiência sobre os efeitos da falta de gravidade sobre o organismo humano.

A Agência Espacial Européia conta com o envio bem-sucedido do Columbus e com o lançamento, em 8 de março, de uma nave cargueira para realizar futuros programas espaciais, o que inclui uma participação nos preparativos da Nasa para levar seres humanos novamente à Lua.

A bordo do Atlantis viajam também dois astronautas europeus -- o brigadeiro francês Leopold Eyharts, 50 anos, que vai supervisionar a entrega do Columbus, e o físico alemão Hans Schlegel, 56 anos.

(Reportagem de Irene Klotz)

 
<p>O &ocirc;nibus espacial Atlantis decolou na quinta-feira da Fl&oacute;rida com a miss&atilde;o de entregar um laborat&oacute;rio europeu permanente para a Esta&ccedil;&atilde;o Espacial Internacional. Foto no Cabo Canaveral, Fl&oacute;rida, 7 de fevereiro. Photo by Dave Martin</p>