Comcast diz não estar bloqueando downloads de Internet

terça-feira, 23 de outubro de 2007 09:58 BRST
 

Por Yinka Adegoke

NOVA YORK (Reuters) - A norte-americana Comcast anunciou na segunda-feira que as transferências de arquivos em redes de trocas de arquivos como a BitTorrent podem estar sendo retardadas por tecnologia de administração de banda, mas negou que esteja bloqueando o acesso a quaisquer aplicativos ou conteúdo.

Como segunda maior provedora de acesso de alta velocidade à Internet nos Estados Unidos, com 11 milhões de assinantes, qualquer ação da Comcast para favorecer ou bloquear o movimento de determinados tipos de arquivo por suas redes seria extremamente controversa, por violar o princípio da "neutralidade de rede".

A neutralidade de rede é o princípio de permitir que todo conteúdo que flui pelas redes de um provedor de acesso à Internet seja tratado igualmente, sem qualquer preferência. Ainda que ele não seja uma lei, conta com o apoio de diversos grupos de pressão e empresas preocupados com a possibilidade de que provedores comecem a cobrar para priorizar a distribuição de determinadas formas de conteúdo.

A Associated Press informou no final de semana que havia executado experiências em todo o território dos EUA para provar que a Comcast estava impedindo que alguns usuários subissem conteúdo para redes de troca de arquivos, entre as quais a BitTorrent.

Essas redes são usadas pelos consumidores para trocar amplo volume de arquivos como música, vídeos e fotografias.

A Comcast divulgou um comunicado na segunda-feira que uma vez mais refutava alegações de que controla o fluxo de conteúdo em sua rede, mas informou que administra sua banda de maneira a oferecer a melhor experiência possível aos clientes.

"A Comcast não bloqueia o acesso a quaisquer sites ou aplicativos online, entre os quais serviços de troca de arquivos como o BitTorrent", declarou a empresa.

O grupo afirmou que seu serviço de acesso à Internet permite a transferência de arquivos digitais via serviços que incluem redes de trocas de arquivos, bem como por redes de telefonia na Internet, como a Vonage Holdings, sem qualquer obstáculo.

Mas a empresa confirmou que suas técnicas de administração de banda podem reduzir a velocidade de acesso a uma rede de troca de arquivos, sem bloqueá-lo.